quarta-feira, 14 de abril de 2010

minhas maluquices

Desde que me conheço por gente...heheehhe

sempre fui insegura e desconfiada com as pessoas.

Estou sempre com o pé atrás com medo que me magoem. Não me entrego totalmente até me sentir segura o suficiente, e mesmo assim já me desiludiram muitas vezes.

Como todas as pessoas , tenho medos, mas os meus medos são muito particulares.


Medo que a minha familia sofra, medo do desconhecido, medo de falhar, medo de parecer ridícula perante as pessoas ..
Acho que são estes sentimentos que me tornam humana..ao menos sinto.. Mas acho que até os sinto demais..
Alguns dos medos já me fizeram passar maus momentos.
Coisas insignificantes, como ir ao supermercado, foram para mim coisas bastante dificeis de fazer.
É simples, durante algum tempo bastantes coisas na minha vida me estavam a pressionar , até que cheguei a um ponto que o fato de sair de casa , para mim era motivo de ficar ansiosa ao ponto de ter um "ATAQUe De Pânico".
Alguns são capazes de entender o que é um ataque de pânico, ou de ansiedade.

A sensação de falta de ar, má disposicão e tonturas são o começo de um ataque.
Juntam-se as palpitações fortes , que parece que o nosso coração vai saltar para fora ou que vamos ter um ataque cardiaco. Mas o pior é que nestas alturas ninguém nos entende, porque não veem nada físico, nada que indique que estamos realmente mal e não a fingir.
Acho que só compreenderiam se passassem pelo mesmo, ou então teriam que ver sangue para chegarem a conclusao que estamos mesmo mal.

Durante estas fases, o apoio da familia e dos amigos é bastante importante.
É um problema mesmo só a nivel psicossomatico, por isso quem tiver passando por isso, não se assuste que não vai morrer.

O Convívio com as pessoas, falar sobre os problemas é muito importante. Não podemos guardar tudo para nós, porque chega a uma certa altura que nem nós mesmos conseguimos aguentar com tudo preso na nossa mente..


Posso dizer que passei maus momentos, e que ainda hoje tenho alguns ataques, mas tem sido pouco frequente. .
As vezes é bom conhecer pessoas novas, porque sempre no mesmo circulo de pessoas, onde os problemas nos são sempre os mesmos e que fazem parte de nós.. não nos deixam evoluir quando tanto precisamos.

penso demais nas coisas
Ideias que surgem e que as quero partilhar mas que ninguem se encontra por perto ou então se estiver que não parece mostrar interesse no que quero partilhar.

Levo noites deitada na cama a olhar para o vazio e a pensar...

pensar no que tenho que fazer, no que não fiz e no que poderia fazer. Penso demasiadamente.... Penso muito, faço pouco...

Quando faço, quero fazer tudo de uma vez, e tem que ser na hora senão não me parece bem , parece q estou desequilibrada...

Não confio em ninguem para fazer as coisas por mim ..


nem psicólogo resolve, mas nem neles eu confio totalmente para falar sobre os meus problemas.

mas calma ai, tb tenho as minhas qualidades

mas estas, prefiro q os outros digam......hehehe



Um comentário:

  1. Te amo..............

    Você é espetacularmente espetacular..........

    ResponderExcluir